A Eletrobras, em parceria com a empresa argentina Emprendimientos Energéticos Binacionales S.A. (Ebisa), concluiu o estudo do inventário hidroelétrico da bacia hidrográfica do rio Uruguai, na fronteira entre o Brasil no estado do Rio Grande do Sul, e a Argentina, nas províncias de Misiones e Corrientes. O estudo aponta dois possíveis aproveitamentos hidrelétricos binacionais que somam 2200 MW: Garabi e Panambi.

As duas empresas acordaram também que quando estiverem atuando conjuntamente nos projetos dos aproveitamentos hidrelétricos se denominarão Unidade Executiva Garabi-Panambi (UnE Garabi-Panambi).

O passo seguinte foi dado pela Ebisa, que publicou, em 10 de janeiro de 2011, no Diário Oficial argentino, a licitação internacional para a contratação dos serviços de estudos de engenharia; estudos socioambientais e plano de comunicação social do projeto Garabi-Panambi.

Uma versão preliminar dos termos de referência dos estudos de engenharia, ambientais e do plano de comunicação social, que Ebisa e Eletrobras planejam contratar, pode ser obtida na lista de documentos do projeto. Os documentos estão disponíveis em espanhol.

A Ebisa disponibilizou também a minuta do edital da licitação para a contratação desses serviços. Acesse aqui.

 

Fonte Eletrobrás